sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Pousada dos Lobos, PNI, volta a funcionar!

Noticiando, conforme o próprio proprietário, a Pousada dos Lobos, no PNI, voltou a funcionar, uma vez que seu proprietário conseguiu liminar na justiça para tal.

Desta maneira, os frequentadores do Parque Nacional de Itatiaia voltam a ter uma nova opção para acomodação.

Abraços!

5 comentários:

tacio philip disse...

Uma opção para acomodação para quem estiver disposto a pagar uma fortuna por uma diária. Ainda sou a favor de derrubarem todas as pousadas dentro da área do parque (parte alta e baixa) e desenvolverem um plano de manejo com alguns pontos para camping para montanhistas.
abs

Parofes disse...

"Uma opção para acomodação para quem estiver disposto a pagar uma fortuna por uma diária. Ainda sou a favor de derrubarem todas as pousadas dentro da área do parque (parte alta e baixa) e desenvolverem um plano de manejo com alguns pontos para camping para montanhistas." [2]

Abraço!

Victor A Carvalho disse...

Eu nunca fiquei lá. Mas vc conhecem bem, entao endosso! :-)

O que precisava lá era uma área de camping administrada pelo próprio parque com filosofia de montanha... fossa, cagando de quatro e sem ducha.

Quem quisesse cagar direitinho que fosse pagar num desses acampamentos particulares, o mesmo para o banho.

abraços!

Marisa disse...

Também acho que não deveria ter pousadas em um parque. Mas temos bola de cristal para saber que iriam tornar aquela área, área de ampliação do PNI? A casa de fazenda existe há mais de cinquenta anos e a pousada há mais de vinte, onde as leis ambientais existiam, porém havia-se o bom senso, já que sempre foi um lugar de apoio ao visitantes assim como subsistência para o próprio dono e de algumas famílias da região. Durante esse tempo o proprietário procurou fazer o que era necessário para o seu bom funcionamento contando com a parceria dos chefes do PNI anteriores.
Portanto mesmo que esteja novamente fechada a pousada, para se fazer qualquer comentário é necessário ouvir os dois lados da situação e aí sim tirar conclusões...
Obrigado pela oportunidade.

M. Horacio disse...

Acho que toda a aréa alta da região de Itatiaia está imersa numa guerra de interesses fundiários faz tempo. A administração do Parque tem feito uma verdadeira guerra psicológica com os antigos donos das propriedades, em nome de uma pseudo preservação ambiental, que só existe em função do total abandono da região. Toda a infraestrutura que o parque dispunha foi sucateada, abandonada há décadas e hoje só se encontra ruínas daquilo que o Parque foi um dia. Veja o atual estado do parque, suas estradas, o estado dos abrigos de visitantes, dos escoteiros (02), Macieiras, Lamego, Massenas, etc. O abandono da manutenção das trilhas, a forçação de barra e terrorismo com os moradores do antigo núcleo colonial (os que recuperaram a parte baixa do parque...)e dos antigos hotéis, com contínuas ameaças de desapropriação, na realidade refletem interesses mesquinhos de grupos que tem interesse em ter o controle de uma vasta área para especulação fundiária, num dos lugares mais bonitos, entre os maiores centros populacionais do Brasil, Rio e São Paulo. Hoje em nome da preservação ambiental e da "sustentabilidade", várias arbitrariedades são cometidas, sem dar respeitar os direitos das partes envolvidas. Conheço bem o parque, já faz mais de 44 anos e só vi ações da administração do Parque que degradaram cada vez mais a área. Lá tudo está abandonado e está em ruínas. Foram épocas sob o controle do IBDF, IBAMA e hoje do ICM-Bio, com suas políticas de omissão... Acho que é a velha história, de criar dificuldades para vender facilidades, tão em voga nos dias de hoje. Desculpe o desabafo, mas sou testemunha ocular do que ocorreu nessa área por quase meio século e quero registrar meu depoimento contra isso que chamam de "administrar" recursos ambientais. O que houve foi um verdadeiro crime lesa-pátria, MHoracio