quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Curso de Deslocamento em Glaciar e Escalada em Gelo - Parte I

Cerro Tronador ao entardecer.

Fala pessoal,

Cheguei hoje pela manhã de Bariloche/ARG, onde durante nove dias fiz o "Curso de Deslocamento em Glaciar e Escalada em Gelo", por uma empresa chamada "Andesascenciones", onde tivemos como instrutores o guia argentino Maximo Schneider, o guia brasileiro Ronaldo Franzen Jr (Nativo) e o guia também argentino Mauricio Caudillo.

 Bariloche, com o lago Nahuel Huapi ao fundo.

Iniciamos o curso no dia 4 de fevereiro com uma reunião no centro de Bariloche onde ficou acertado os pormenores do início do curso que se iniciou no dia 6 de fevereiro com nosso deslocamento das proximidades do CAB (Clube Andino Bariloche) para o "Ventisquero Negro", glaciar baixo do complexo do vulcão Tronador, onde iríamos dar início as atividades de aprendizado em escalada em gelo.

 No albergue ainda em Bariloche, antes da partida. Simone abaixo.



Simone e o Rick comprando os mantimentos.

Passadas as compras dos mantimentos em Bariloche, o primeiro dia, após o nosso deslocamento, foi de acampamento numa região próxima ao "ventisquero" (aproximadamente 1 hr do local das aulas), mas a chuva constante fez com que os guias adiassem o início do curso para o dia seguinte, e assim, eu, o Rick Nonaka e a Simone, que dividiamos uma barraca para dois, ficamos recolhidos por quase 20 horas até as 8 hrs do dia seguinte.

Dali seguimos para o local do curso, onde os guias começaram a passar as informações de uso de "crampons" e das botas rígidas e os estilos de caminhada em gelo, que treinamos bastante. Na sequência, foram passadas as informações de manuseio e uso das piquetas de travessias e técnicas (piolet-bastão, piolet-apoio, piolet-punhal e piolet-tração) além dos tipos de deslocamento com este tipo de ferramenta suas modalidades de acordo com o tipo de gelo e inclinação (pendente) a ser vencida.

Retornamos ao acampamento após quase 9 hrs de exercícios e informações.

Eu e a Simone treinando a técnica piolet-tração.

Sequência.

Rick e Simone treinando a pisada de dez pontas (francesa).

No dia seguinte, retornamos ao local de treino onde refizemos exaustivamente os treinamento do dia anterior  e dessa vez foi passada as informações e treinos para a escalada técnica em gelo, ascenção e travessia, montagem de parada com os grampos de gelo (ice screw), rapel em gelo e outras técnicas.

No terceiro dia fizemos mais uma vez um ensaio dos dias anteriores, muita escalada em gelo, inclusive com top rope armado em parede de gelo com pendente de 75º-80º, terminando o dia com um deslocamento no glaciar do Ventisquero Negro, guiado pelo Maximo Schneider e pelo Nativo.

 Cruzeiro do sul no céu do acampamento.

Conversas noturnas no Ventisquero.

Retornando ao acampamento, nos preparamos para no dia seguinte nos deslocarmos até Pampa Linda e iniciar a subida à parte alta do Tronador para os treinamentos em neve e para os deslocamentos em glaciares.

Vale a pena dizer o visual a todo o momento estonteante e as diversas avanlanches que víamos diariamente vindas do Cerro Tronador. Além disso, a conversa jogada fora e os jantares a noite em nossa acampamento.

Continua...

2 comentários:

Parofes disse...

Cara as fotos estao muito boas! Ainda e com aquela camera????

Parabens pelo curso!

Abracos mendozinos

Paulo

Victor A Carvalho disse...

Fala parofones! blz? vlw! as fotos foram tiradas com uma Canon G11 que comprei pra viagem. a quem comprei com você nesta trip ficou guardada! abraços!